Em: Dicas
12:37 | 13/09/2018

O perigo da bolha no pneu

Nenhum comentário
O perigo da bolha no pneu

Bolha no pneu é quase uma bomba-relógio, a diferença, é que você nunca sabe quando ela vai estourar.

O que é a bolha no pneu?

A bolha é uma protuberância que se forma quando o pneu sofre fortes impactos como: passar em um buraco de forma brusca ou bater o pneu na guia da calçada, muito comum quando se está realizando a baliza.

Quando ocorre o impacto, a malha metálica que forma a estrutura interna se rompe, fazendo com a pressão interna empurre a borracha para fora, causando a bolha.


 

Qual o risco?

A partir do momento que a bolha se forma, a pressão interna no pneu está segura apenas pela borracha, causando assim, o risco de estourar – criando a comparação a uma bomba relógio.

Além disso, o pneu está menos resistente – pois perdeu o reforço metálico e comprometeu a borracha, e mais suscetível a instabilidade na hora de manobrar o carro.


 

Como identificar?

O ideal é checar o pneu sempre que passar por um buraco ou sofrer algum outro tipo de impacto. O som do pneu altera também, além de o volante começar a trepidar.


 

E o que fazer?

Quando identificar uma bolha no pneu, o mais indicado é trocar o pneu por um novo.

Alguns profissionais indicam fazer a vulcanização e restaurar a borracha, porém isso não passa de uma forma de mascarar o problema, já que a estrutura metálica vai continuar deteriorada.

Em caso de impossibilidade de troca, o melhor é manter o pneu com bolha no eixo dianteiro, onde o motorista tem maior controle caso ocorra o rompimento da borracha.


 

Como evitar?

O recomendado é: cuidado ao dirigir.

Passar por buracos e falhas no pavimento em velocidade baixa além de evitar esse problema, também aumenta a vida útil do pneu. Além disso, é importante prestar atenção ao estacionar o carro muito próximo a guia da calçada.

Lembre-se: quando se trata de segurança a Pneumar é especialista. Então entre já no site e garanta seus pneus novos com qualidade garantida.

www.pneumar.com.br

Posts Relacionados

  • Nenhum post relacionado.

Faça seu comentário

Comentários

Nenhum comentário